terça-feira, 28 de dezembro de 2010

Tudo tem seu tempo

Há um momento oportuno para cada coisa debaixo do céu (cf. Eclesiastes 3, 1). Nesta máxima da sabedoria em Israel, fundamento da cultura grega presente no mundo judaico, bem localizado no horizonte cristão, vê-se o quão oportuna é a figura de um ancião que tem o intuito de instruir os jovens.


Há uma sabedoria que não pode ser esquecida sob pena de perder o verdadeiro sabor das coisas e dos sentidos adequados para a existência, provocando os desvarios absurdos que têm configurado a sociedade contemporânea. Concretizados em violência, corrupção, imoralidade, indiferença com a dor dos outros, perversidade; e ainda no entendimento da vida como disputa, na surdez para o grito dos pobres. Estes desvarios acontecem pela falta de sabedoria que pode estar ausente ou ser cultivada nas estratégias da governança moderna, nas especializações das ciências deste tempo, ou mesmo na aprendizagem dos processos formativos.


Essa sabedoria capacita corações e inteligências para o discernimento adequado, de modo que as escolhas configurem condutas à altura da dignidade humana em todos os níveis e na direção de cada pessoa, respeitada a sua singularidade.


A busca dessa sabedoria é tarefa de todos. Não se pode delegá-la, seja na família, nas instituições, nos variados contextos – ou eximir-se dessa missão. Os fluxos que configuram a cultura ocidental estão comprometidos. Impedem, lamentavelmente, por atos e escolhas, o cultivo permanente dessa sabedoria para equilibrar a vida e vivê-la dignamente desde a fecundação até a morte com o declínio natural. A vida de todos está o tempo todo por um fio. É resultado da falta de sabedoria de que tudo tem seu tempo – discernimento que modula a inteligência livrando-a dos desatinos da irracionalidade e preservando o sentido de limite, sem comprometer a liberdade e a autonomia.


No livro do Eclesiastes, capítulo terceiro, o ancião se empenha na tarefa de instruir os jovens. Insiste na compreensão que não pode ser substituída nem pela ciência e nem por estratégias.


Vale retomar sempre as indicações do sábio ancião: “Tudo tem seu tempo. Há um momento oportuno para cada coisa debaixo do céu: tempo de nascer e tempo de morrer; tempo de plantar e tempo de arrancar o que se plantou, tempo de matar e tempo de curar, tempo de destruir e tempo de construir, tempo de chorar e tempo de rir; tempo de lamentar e tempo de dançar, tempo de espalhar pedras e tempo de ajuntar, tempo de abraçar e tempo de afastar-se dos abraços, tempo de procurar e tempo de perder, tempo de guardar e tempo de jogar fora, tempo de rasgar e tempo de costurar, tempo de calar e tempo de falar, tempo de amor e tempo de ódio, tempo de guerra e tempo de paz”. Está indicado que a vida não pode ser vivida e conduzida sem essa sabedoria. Trata-se de um caminho longo na vivência do amor, na prática da justiça, na assimilação de valores, no exercitar-se no gosto de ser bom e de encantar-se com o outro.


As instituições todas, sobretudo a família, têm tarefas fundamentais nesse processo para tecer uma cultura ancorada na sabedoria. Se esse caminho não for percorrido, com urgência e perseverança, os desvarios da violência, das disputas, das agressões e da perda de sentido continuarão desfigurando instituições, culturas, modos de viver. Assim as vítimas, e também agentes, desse processo, serão especialmente os mais jovens.


Diante da atual realidade torna-se premente modular os corações e as culturas no horizonte dos valores que se revelam na pessoa de Jesus Cristo. A propósito de que tudo tem seu tempo, vivenciamos o momento propício para refletir sobre o verdadeiro sentido do Natal. É preciso sabedoria para não se curvar diante de enfeites, de Papai Noel e de outros símbolos comerciais que parecem ofuscar Jesus Cristo, o Dom maior de Deus Pai para a salvação da humanidade.


É tempo de cultivar símbolos como o presépio, antiga tradição educativa que modelou corações no bem, cuja intuição sábia de São Francisco de Assis nos deixou como herança. É tempo de reavivar o coração na fé e nos valores que só o encontro com Cristo pode garantir.


Resgatando a inspiração de Francisco de Assis, a Arquidiocese de Belo Horizonte convida todos a reacenderem a chama do amor de Deus, fonte inesgotável da sabedoria que sustenta a vida.


Por Dom Walmor Oliveira de Azevedo, arcebispo metropolitano de Belo Horizonte

Fonte: http://www.arquidioceseolindarecife.org/

sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

Aprovada a Cátedra Dom Helder Camara de Direitos Humanos da Unicap


A Unesco, órgão das Nações Unidas para educação, ciência e cultura, reconheceu oficialmente a Cátedra Unesco-Unicap Dom Helder Camara de Direitos Humanos como um importante núcleo de estudo sobre a justiça nos seus mais variados aspectos.

A Cátedra é resultado de uma parceria entre a Universidade Católica de Pernambuco e a Unesco, inspirada num desejo antigo de Dom Helder Camara de que a Unicap tivesse uma disciplina dedicada à justiça e aos direitos humanos.

Vinte e seis anos após a outorga do título de Doutor Honoris Causa a Dom Helder Camara, a Universidade Católica de Pernambuco cumpre o desejo do Dom da Paz com a as ações desenvolvidas pela Cátedra de Direitos Humanos, que leva o seu nome.

A Cátedra Unesco/Unicap Dom Helder de Direitos Humanos é um espaço interdisciplinar para ampliar o significado dos direitos humanos em nosso Estado e região, por meio de diversas atividades acadêmicas que abrem a instituição ao cenário mundial. Para além de uma disciplina isolada, busca a integração de conteúdos de direitos humanos na vida institucional.

Desde o início deste ano já está no ar o Blog da Cátedra Unesco-Unicap Dom Helder Camara de Direitos Humanos. No site é possível encontrar vídeos, artigos e links para livros virtuais, dedicados ao tema dos direitos humanos. O endereço do blog é: http://www.unicap.br/catedradomhelder/

Fonte: Boletim Unicap

quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

Os convidados do Menino Jesus

Neste sábado vai nascer uma Criança muito especial e todo o mundo foi convidado para visitá-lo.

É comum levarmos um presente para o Recém-Nascido, o que você vai dar a Ele? O ouro de suas riquezas, o incenso de sua fé ou a mirra de suas dores?

Caso não tenha nada para dar, o Menino vai ficar feliz apenas pela sua presença, pelo seu acolhimento, pelo seu amor… Assim como vão fazer os pastorezinhos, gente simples, pobre e excluído da sociedade. Eles vão deixar seus afazeres e vão, de mãos vazias e coração cheio de amor, ao encontro do Deus-Menino. Estes são os prediletos do Menino-Luz.

Portanto, o maior presente que se possa dar ao Menino Jesus é o nosso coração, é o nosso amor.

Feliz Natal para você e sua família!

POR QUE FAZER UM RETIRO ESPIRITUAL ?

"Procurando através da prece e da meditação, melhorar meu contato com Deus, rogando apenas o conhecimento de Sua vontade em relação a mim, e forças para realizar essa vontade."

Hoje venho falar do sentido pelo qual de tempos em tempos é importante fazer um Retiro Espiritual.

A Palavra diz em Mt 14.23 que Jesus retirava-se e isolava-se para orar afim de conhecer a vontade do Pai! Ora, se o próprio Jesus sentia essa necessidade, quanto mais nós, meros pecadores.

O verdadeiro sentido do Retiro Espiritual está em nos encontrarmos, através de Cristo, com nossa essência, com o nosso interior e verificar se realmente o Senhor Jesus tem sido o centro de nossas vidas, se tem ocupado o nosso coração por completo, sem reservas.

Não é fácil fazer um retiro. Muitas pessoas evitam consciente ou inconscientemente, pois provavelmente vão se deparar com sua sombra, seu lado obscuro, seus defeitos de caráter e nem todos estão preparados para reconhecerem-se pecadores e miseráveis diante do Senhor."Esquadrinhemos os nossos caminhos, examinemo-los; voltemos ao Senhor." (Lamentações 3,40)

Porém, através da evocação do Espírito Santo podemos nos enxergar sem medos, aceitando-nos como somos e como estamos com relação a nossa caminhada espiritual e pessoal.

Fazer retiro é acima de tudo praticar a escuta, procurar em meio a tantos barulhos exteriores e interiores (nossas emoções e apelos do mundo) escutar a voz de Deus e discernir Sua vontade com relação a nossa vida.

Eis o verdadeiro sentido do Retiro Espiritual, discernir a vontade do Pai. "Pois é Deus que opera em vós o querer e o fazer segundo o seu designo benevolente." (Filipenses 2,13)! Porém, essa vontade nunca nos é revelada por completo, porque na pedagogia de Deus Ele quer que o encontremos sempre, o busquemos várias vezes em cada etapa de nossas vidas.

Cada retiro é uma luz lançada em nosso caminhar, é uma REVELAÇÃO do próximo passo que podemos e devemos dar e, aos poucos, vamos descobrindo a vontade do Senhor.

Nosso Deus não é o Deus do horóscopo, da cartomancia, do espiritismo, é o Deus que se revela aos poucos porque sabe que não temos ainda a capacidade de vÊ-lo em toda a sua plenitude, pois enquanto formos peregrinos nesta terra não poderemos contemplá-Lo por completo.

Criemos coragem, então, de nos lançarmos nEle, pedindo apenas a revelação do próximo passo que devemos dar, que já é o suficiente, sem buscar outros deuses e refúgios.

Peçamos ao Espírito Santo esta Graça de experimentar a paciência, as demoras de Deus, que são estratégicas. Confiar na Sua Graça, confiar que Ele nos conduz, ainda que venham tempestades e tribulações, o Senhor está no barco conosco. "Eu vos exorto pois, irmãos, em nome da misericórdia de Deus, a vos oferecerdes vós mesmos em sacrifício vivo, santo e agradável a Deus: este será o vosso culto espiritual." (Romanos 12,1)

Enfim, fazer Retiro Espiritual é humilhar-se diante de Deus, sentir-se necessitado da Misericórdia de Deus e pedir para que o Senhor nos molde conforme Seu desejo, sem restrições, sem reservas, por completo."Humilhai-vos diante do Senhor e Ele vos exaltará." (Tiago 4,10)


Deus abençoe aos corajosos retirantes cristãos!

Com orações,

Léo.

Fonte: http://irmaocatolicoleo.blogspot.com/


Artigo muito bom e oportuno, meu brother e profeta do Amor! Deus abençoe!

quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

Um coração que acolha a vontade de Deus

Este último domingo, no Vinde a Luz, pude perceber que aos poucos vou retornando a casa onde tive o grande encontro com Jesus, onde experimentei a minha fé e onde recebi os carismas para o serviço de Deus: A Renovação Carismática Católica.

Desde meu primeiro show comecei a conhecer pessoas ligadas a RCC que apostam e incentivam meu novo trabalho: Alessandra, Graça Amorim, Luciana Farias, Fátima, João Santos, etc. Isso me alegra muito e me motiva ainda mais à missão que Deus me confiou este ano: evangelizar com a música, com a juventude e com o serviço social.

Apesar de conhecer as carências e as necessidades nestas áreas, o Senhor tem me pedido paciência e cautela. Não posso atropelar as coisas, não posso me levar por qualquer vento que se mova, pois a prudência é amiga da sabedoria.

Estou rezando, escutando e meditando no que o Senhor espera de mim e mesmo inquieto por natureza e ávido em por as ideias em prática, estou aprendendo a ter calma, os pés no chão e a olhar, com os olhos de Deus, a tudo e a todos.

Do que vivi nestes últimos três anos colhi uma fé mais madura, um agir mais equilibrado e um olhar mais simples às coisas de Deus.

E neste mês percebi que o tempo do Advento nos chama à reflexão interior, embora a sociedade ensine o contrário: a correria e as preocupações são muitas e o tempo é curto.

A meditação da Palavra de Deus nos momentos antecedentes ao nascimento do Menino Jesus nos leva a preparar o coração, como uma manjedoura, que O acolhe, não só neste Natal, mas para sempre.

Bom Natal a todos!

sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

História da Arquidiocese de Olinda e Recife

A Prelazia de Pernambuco foi criada em 15/07/1614 pela Bula “Fasti noviorbis” do Papa Paulo V. O Papa Urbano VIII com a Bula “Romanus Pontifex” do dia 06/07/1624 a constituiu sufragânea da então Diocese de São Salvador da Bahia. O Papa Inocêncio XI, no dia 16/11/1676, pela Bula “Ad sacram Beati Petri sedem” a elevou como diocese, denominando-se Diocese de Olinda. Em 05/12/1910 foi elevada à Arquidiocese e Sede Metropolitana pelo Decreto da Sagrada Congregação Consistorial. Pela Bula “Cum urbs Recife” do Papa Bento XV de 26/07/1918, passou a denominar-se Arquidiocese de Olinda e Recife.

Situação Geográfica

Situa-se a leste do estado de Pernambuco, tendo como limites o Oceano Atlântico e as Dioceses de Palmares (PE), Caruaru (PE) e Nazaré (PE).


Municípios da Região Metropolitana


Abreu e Lima
Cabo
Camaragibe
Igarassu
Itamaracá
Itapissuma
Jaboatão
Moreno
Olinda
Paulista
Recife
São Lourenço da Mata


Interior do Estado de Pernambuco:

Amaraji
Araçoiaba
Escada
Ipojuca
Pombos
Primavera
Vitória de Santo Antão

Distrito Especial do Estado de Pernambuco

Arquipélago de Fernando de Noronha

Arcebispos Anteriores

1º. Bispo – Dom Estêvão Brioso de Figueiredo (1677-1683)
2º. BispoDom João Duarte do Sacramento (1685; morreu antes de ser sagrado)
3º. BispoDom Matias de Figueiredo e Melo (1687-1694)
4º. BispoDom Frei Francisco de Lima, O.Carm. (1696-1704)
5º. BispoDom Manuel Álvares da Costa (1710-1715)
6º. BispoDom Frei José Fialho (1725-1738)
7º. BispoDom Frei Luiz de Santa Teresa (1739-1753)
8º. BispoDom Francisco Xavier Aranha (1754-1771)
9º. BispoDom Francisco de Assunção Brito (1772, não tomou posse)
10º. BispoDom Frei Tomaz da Encarnação Costa e Lima (1774-1784)
11º. BispoDom Frei Diogo de Jesus Jardim (1785-1794)
12º. BispoDom José Joaquim da Cunha Azeredo Coutinho (1795-1802)
13º. BispoDom Frei José de Santa Escolástica (1802, transf. antes da sagração)
14º. BispoDom Frei José Maria de Araújo (1807-1808)
15º. BispoDom Frei Antônio de São José Bastos (1815-1819)
16º. BispoDom Frei Tomaz de Noronha e Brito (1823-1829)
17º. BispoDom João da Purificação Marques Perdigão (1831-1864)
18º. BispoDom Manuel do Rêgo Medeiros (1865-1866)
19º. BispoDom Francisco Cardoso Ayres (1867-1869)
20º. BispoDom Frei Vital Maria Gonçalves de Oliveira (1871-1878)
21º. BispoDom José Pereira da Silva Barros (1881-1890)
22º. BispoDom João Fernando Tiago Esberard (1890-1893)
23º. BispoDom Manoel dos Santos Pereira (1893-1900)

24º. Bispo
1º. ARCEBISPO DE OLINDA
Dom Luiz Raimundo da Silva Brito (1901-1915)
25º. Bispo
2º. ARCEBISPO DE OLINDA E RECIFEDom Sebastião Leme da Silveira Cintra (1916-1921)
26º. Bispo
3º. ARCEBISPO DE OLINDA E RECIFEDom Miguel de Lima Valverde (1922-1951)
27º. Bispo
4 º. ARCEBISPO DE OLINDA E RECIFEDom Antônio de Almeida Moraes Júnior (1951-1960)
28º. Bispo
5 º. ARCEBISPO DE OLINDA E RECIFEDom Carlos de Gouvêa Coelho (1960-1964)
29º. Bispo
6º. ARCEBISPO DE OLINDA E RECIFEDom Helder Pessoa Câmara (1964-1985)
30º. Bispo
7º. ARCEBISPO DE OLINDA E RECIFEDom José Cardoso Sobrinho, O.CARM. (1985-2009)
31º. Bispo
8º. ARCEBISPO DE OLINDA E RECIFEDom Antônio Fernando Saburido, OSB. (2009)

Fonte: http://www.arquidioceseolindarecife.org/

quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

Bento XVI e a JMJ

“Quando penso nos numerosos jovens que encontram em tais jornadas um novo ponto de partida e vivem depois espiritualmente a partir dele, quanta alegria fica depois do evento, mesmo também quanto recolhimento há durante as Jornadas, tenho que dizer que ali sucede algo que não é feito por nós”.

As Jornadas Mundiais não são mais um mero fenómeno de massa. É esse o entender de todos os que se veem implicados nelas: “Na Austrália esperavam-se grandes problemas de segurança, dificuldades, conflitos, tudo o que acontece em manifestações de massa. Havia uma inquietação e tinha-se uma atitude crítica. No final, a polícia estava entusiasmada, todos estavam contentes porque não tinha havido nenhum contratempo”.


O segredo? “Simplesmente, foi a alegria comum da fé que tornou possível que centenas de milhares permanecessem em silêncio e unidos ao Santíssimo Sacramento. Neste recolhimento e nesta alegria, na satisfação interior e no autêntico encontro, na ausência de criminalidade, em tudo acontece algo totalmente assombroso, algo muito diferente do que costuma acontecer nos eventos de massa”.


Conclui: “E continuam a sentir-se os efeitos de Sidney, como por exemplo, vocações ao sacerdócio. Creio que com as Jornadas Mundiais da Juventude encontrou-se algo que ajuda todos (…) Espanha foi sempre um dos grandes países católicos com vitalidade criadora. Se Deus quiser, estarei de novo em contato com ele na Jornada Mundial da Juventude em Madrid”.


CARAVANA RECIFE JMJ 2011 (81) 9991-9308/8725-8003 (LUCIANA)

lumfarias@hotmail.com

Pacotes promocionais parcelados em até 18 meses.

quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Dezembro: mês de Anjos de Resgate na Canção Nova

Dezembro será um mês todo especial para os fãs da banda Anjos de Resgate. O grupo vai participar de programas e fará um show ao vivo na TV Canção Nova.

Na terça-feira, dia 14, o grupo participa de uma programação especial de campanha do Projeto Dai-me Almas. A atração vai ao ar, ao vivo, do meio-dia às 22h. O Anjos de Resgate deve se apresentar por volta das 18h30.

Já no dia 29, quarta-feira, a banda será a atração músical do programa Deus Proverá Especial. O programa começa às 14h e transmite o sorteio das casas da promoção Casa Nova Canção Nova.

Na quinta-feira (30), a banda faz show durante o Acampamento de Ano Novo. O grupo deve subir ao palco às 21h. A apresentação terá transmissão ao vivo pela TV Canção Nova. Na ocasião, o Anjos de Resgate deve apresentar o show especial de 10 anos de carreira do grupo.

Fonte: http://www.codimuc.com.br/

terça-feira, 14 de dezembro de 2010

Mangue Beat vira sensação entre os evangélicos

O Pastor Edson Ferreira, 48 anos, mas conhecido pela cunha de Zé do Mangue é o responsável pela façanha. O cantor está levando o estilo musical revolucionário criado por Chico Science nos anos 90, para o meio religioso e muitos dos fiéis que seguem a religião, já estão abraçando o gênero.

Em suas músicas, quase sempre em tom de protesto, Zé segue a linha do amigo Mangue Boy, o músico destaca em seus versos os manguezais e os seres que lá vivem, sem esquecer de sempre enfatizar as palavras de louvores à Deus. Mais O assunto vem gerando muita discussão, entre os religiosos. Para os protestantes mais conservadores, as canções do Zé do Mangue não devem ser executadas dentro das Igrejas Evangélicas, por serem músicas que não ajudam a salvar vidas para Jesus.

"Que ele faça o tipo de música que bem entender, mas não coloque Deus nisso, essa música tem um estilo bem puxado para o Candomblé, vocês não acham?" Pergunta seu Ulisses de 55 anos.

Evangélico desde os 14 anos, ele diz que a verdadeira música para crentes ouvir são aquelas cantadas por Feliciano Amaral, Cícero Nogueira e Os Embaixadores de Sião. "Quando eu era pequeno, as coisas eram diferentes, meu pai colocava as músicas que realmente falavam da palavra de Deus, hoje com essa modernização eles estão querendo mudar até a religião" completou.

Mais entre os jovens, a coisa não funciona assim, para eles Zé do Mangue é a forma de atrair a garotada para a Religião. "Nunca gostei muito de ir para a Igreja, depois de ouvir Zé do Mangue isso mudou, hoje curto mais a minha religião, pois quando estava no mundo, eu era muito fã do Chico, hoje com o Zé juntei o útil ao agradável, louvo à Deus sem perder as origens" Afirma com um grande sorriso o jovem Marcelo, 17 anos.

Fonte: http://www.njpe.com.br/

domingo, 12 de dezembro de 2010

Os "donos da Igreja" e a juventude!

A hipocrisia destrói a essência das coisas boas e saudáveis deste mundo. É uma afronta à liberdade e ao amor doado por Deus.

Com essa frase, que postei hoje no facebook, twitter e orkut, pude meditar sobre a situação da juventude em nossas igrejas. Jovens cada vez mais revoltados, indiferentes, frios e decepcionados com a nossa Igreja Católica.

Mas queria dizer que a culpa não é da instituição, pois ela sim acolhe a todos, sem distinção, afinal é sua missão. A bronca está, muitas vezes, em quem a conduz e não estou falando apenas de sacerdotes.

Percebi, em algumas comunidades, um certo preconceito com a juventude, escondido debaixo de uma hipocrisia devastadora, que vai expulsando os jovens do seio da Mãe Igreja. Isso por parte de alguns leigos que se tomam como "dono da igreja" e de certos sacerdotes, que fazem vista grossa a essa anomalia.

Com a desculpa de dizer que o jovem é irresponsável, barulhento e indisciplinado, vivem fechando as portas e deixando vazios os bancos de nossas igrejas. Criaram um marketing negativo contra a juventude e isso está deixando a nossa igreja velha e carrancuda.

O Papa Bento XVI é querido pela juventude, que todo ano acolhe milhares na JMJ, escreve cartas a eles e se sente à vontade no meio deles. Vejo o Papa, algumas comunidades católicas, a pastoral da juventude, alguns sacerdotes, alguns adultos e muitos jovens que lutam pela juventude, mas tem uma minoria que é contra e consegue desarticular qualquer projeto juvenil. Misericórdia, Senhor!

Só sei de uma coisa: isso vai acabar! Nem é vontade minha, nem de alguns que conheço, mas de Deus que quer seus prediletos sentados em seu colo.

A Igreja precisa de santos que gostam de baladas, que usam jeans, que curtem rock, reggae, etc. Que lutam pela vida e amam servir ao outro! Deus não gosta é de hipocrisia!


Senhor tem piedade de nós!

sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

A causa da infelicidade humana

É no alto que está a vossa meta, não na terra. A grande causa da infelicidade humana, e buscar as coisas que estão na terra. O encardido pega o lixo do mundo e empacota, faz um belo pacote de presente para nos atrair. Quando percebemos, já enchemos o nosso coração com o lixo do pecado. Enquanto não nos convencermos de que e no alto que esta a nossa meta, continuaremos levando para a nossa casa o lixo em pacotes bonitos.

Precisamos ter a certeza de que um dia nos vamos dormir aqui, e acordar no coração de Deus. Pensamos que nossa meta esta aqui embaixo, e assim vamos enchendo o coração com as sujeiras do mundo. Enquanto estamos aqui, pode ter alguém roubando a nossa casa, mas a liberdade que temos de proclamar Jesus como nosso Senhor, ninguém nos pode tirar...

Padre Léo – (in memorian)

Saudades de ti, meu Santo Léo!

quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

Arquidiocese e Prefeitura de Jaboatão se unem para construir a Fazenda da Esperança

O arcebispo de Olinda e Recife, dom Antônio Fernando Saburido e o prefeito de Jaboatão dos Guararapes, Elias Gomes, se reuniram na manhã desta quinta-feira, 9, para discutir a implementação de uma unidade da Fazenda da Esperança no município, a primeira da Arquidiocese.

O encontro que aconteceu no Palácio dos Manguinhos, bairro das Graças, contou com a presença da secretária de Promoção Humana e Assistência Social, Maria do Socorro Araújo e o secretário de Segurança Cidadã e Direitos Humanos Cláudio Carraly, ambos de Jaboatão, e ainda, a deputada estadual Terezinha Nunes.

Na reunião ficou confirmada a doação de um terreno de 30 hectares, localizado no bairro da Muribeca. “Já conseguimos a liberação do terreno. Na próxima terça-feira (14) a arquiteta da Arquidiocese vai visitar o local e começar o projeto da planta”, afirmou o Elias Gomes. “Em janeiro do próximo ano será oficializada a doação”, completou.

Para construir o centro de recuperação de jovens dependentes químicos que, inicialmente, terá duas casas, um refeitório, uma capela e uma quadra poliesportiva, dom Fernando e Elias Gomes vão buscar apoio com todos os setores da sociedade civil. “Junto com a Arquidiocese vamos fazer um plano de captação de recursos para construção e manutenção da Fazenda. Teremos campanhas para envolver todo mundo, empresários e pessoas físicas”. adiantou o prefeito. “Precisamos envolver a sociedade, pois as drogas é um problema de todos”, completou o arcebispo.

Estiveram também na reunião o ecônomo e o assessor jurídico da Arquidiocese Mivacyr Meira Lima e Márcio Miranda respectivamente, o fundador da comunidade Obra de Maria, Gilberto Barbosa e o diretor comercial da Rádio Olinda, Aderval Barros.

Fazenda da Esperança

É uma associação de fiéis reconhecida pela Igreja Católica, que trabalha em diversos campos sociais, mas o principal é a recuperação de jovens dependentes químicos. A obra nasceu em 1992, na cidade paulista de Guaratinguetá, sob a coordenação do frei Hans Stapel.

A Família da Esperança tem 47 fazendas espalhadas pelo Brasil e mais dez em outros países, dentre eles México, Alemanha e Filipinas. A Fazenda da Esperança abriga no seu seio a diversidade e a complementaridade de diversas formas de vida, pelo reino de Deus: os celibatários, os casados, os religiosos e os sacerdotes.

Da Assessoria de Comunicação AOR

quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

Nossa Senhora da Imaculada Conceição

Queremos, hoje, nos ater à festa que estamos celebrando: a Imaculada Conceição da Santíssima Virgem Maria. O dogma da Imaculada Conceição foi instituído pelo Papa Pio IX no dia 8 de dezembro de 1854, que declara: “Desde a sua concepção, Maria foi preservada do pecado original e de suas conseqüências pelos méritos de Cristo, que se chama redenção preventiva”. O devoto da Virgem Maria é aquele que toma a decisão de viver as virtudes dela. A saber:

Mulher do silêncio: Precisamos aprender com Nossa Senhora a silenciar o nosso coração de todas as agitações do mundo e de todo barulho, fruto das realidades que são contrárias à vontade de Deus na nossa vida. Silenciar é muito mais que não fazer barulho, é ter a coragem de retirar-se constantemente para encontrar-se com o Senhor, e aí escutar o Seu Coração.

Mulher da Palavra: A Santíssima Virgem rezava os salmos; era íntima da Palavra de Deus; prova disso é ela repetir o Cântico de Ana ao se encontrar com Isabel, cântico este lá do Antigo Testamento. Muito mais que o fato de narrar esse cântico, a prova de que a Virgem Maria é a mulher da Palavra é a sua total confiança na misericórdia e na providêcia de Deus, que regia toda a sua vida e a vida do mundo.

Mulher do serviço: Maria sobe a montanha para visitar a sua parenta Isabel; ela vai à casa da prima não tendo como prioridade tratar de serviços domésticos, mas para levar o mistério até a vida daquela que, com certeza, muitos traumas trazia pelo fato de ter sido estéril por muitos anos – fato tido como sinal de maldição para o povo daquela época e lugar.

O mistério em Maria, que é o próprio Deus, a leva até a prima, para que esta possa ser curada. Isso nos diz que devemos ser, efetivamente, portadores e condutores do mistério, que é Deus, para as pessoas, pois Ele se encontra em nós, dentro de nós, desde o momento do nosso batismo.

Mulher da obediência: Maria só tinha olhos para a vontade de Deus, para obedecer ao Todo-poderoso nas circunstâncias ordinárias da vida; é ela quem diz a cada um de nós – única frase de Maria na Sagrada Escritura, de forma direta: “Fazei tudo o que Ele vos disser.”

A Santíssima Virgem Maria é aquela que pode, verdadeiramente, nos ajudar a encher as talhas da nossa vida. Esta água viva é o Espírito Santo, o Esposo de Nossa Senhora. Quando o Espírito Santo percebe uma alma tomada de amor e da presença de Maria - a Sua esposa - o Ele vem e realiza maravilhas nessa alma, pois Ele não pode ficar separado da Sua esposa. As maravilhas que o Espírito realiza em nós nada mais são do que encher as talhas da nossa vida para que Cristo nos transforme neste vinho novo.

Viver esta festa de Nossa Senhora da Imaculada Conceição, ser devoto de Maria por excelência, é obedecer a Deus e fazer com que Ele seja o Senhor, verdadeiramente, da nossa vida.

Padre Pacheco
Comunidade Canção Nova

terça-feira, 7 de dezembro de 2010

Show de Paulo Deérre & Dj Angellus

Que bom quando nossos artistas católicos caminham juntos, trabalham juntos e lutam juntos. Como é bom poder ver que não existe disputa, que não existe inveja e que há só parceria.

Mesmo no meio artístico cristão é comum a gente ver artistas disputando lugar, palco e fama. Mas, graças a Deus, existe gente boa e humilde que testemunha o que o Senhor quer de nós e leva isso muito à sério.

Existem artistas preocupados em levar a Palavra de Deus e pregar a união e a paz entre os irmãos. Pessoas que se unem para, juntos, fazer a vontade do Pai.

Vimos isso no show de ontem de Paulo Deérre & Dj Angellus. Partilharam o palco e o tempo que seria apenas de um. Cantaram juntos, dançaram juntos, louvaram juntos. Isso nos alegra muito, em ver que os nossos artistas são maduros, são irmãos, são parceiros e lutam uns pelos outros.

Que isso sirva de exemplo a todos os artistas católicos pernambucanos. Há espaço para todos, há trabalho para todos e oportunidades para todos. Não temos que disputar uns com os outros, mas sim nos unir e levar a nossa música católica aos confins deste mundo. Só na união e no amor isso acontece.

Valeu Paulo Deérre! Valeu Dj Angellus! Continuem assim unidos, firmes e forte na oração. Deus abençoe seu trabalho e sua vida. Maria passe na frente!

A coroa do Advento e seu significado

Deus se faz presente na vida de todo ser humano e de todas as formas deixa-nos sentir Seu amor e desejo de nos salvar. A palavra ADVENTO é de origem latina e quer dizer CHEGADA. É o tempo em que os cristãos se preparam para a vinda de Jesus Cristo. O tempo do Advento abrange quatro semanas antes do Natal.

Atualmente há uma grande preocupação em reavivar este costume muito significativo e de grande ajuda para vivermos este tempo. A coroa ou a grinalda do Advento é o primeiro anúncio do Natal. É um círculo de folhagens verdes, sua forma simboliza a eternidade e sua cor representa a esperança e a vida. Vem entrelaçado por uma fita vermelha, símbolo tanto do amor de Deus por nós como também de nosso amor que aguarda com ansiedade o nascimento do Filho de Deus.

No centro do círculo se colocam as quatro velas para se acender uma a cada domingo do Advento. A luz das velas simboliza a nossa fé e nos leva à oração, e simbolizam as quatro manifestações de Cristo:

1° Encarnação, Jesus Histórico;
2° Jesus nos pobres e necessitados;
3° Jesus nos Sacramentos;
4° Parusia: Segunda vinda de Jesus.

No Natal se pode adicionar uma quinta vela branca, até o término do tempo natalino e, se quisermos, podemos pôr a imagem do Menino Jesus junto à coroa: temos que nos atentar, porém, que o Natal é mais importante do que a espera do Advento.

Essa coroa é originária dos países nórdicos (países escandinavos, Alemanha), a qual contém raízes simbólicas universais: a luz como salvação, o verde como vida e o formato redondo como eternidade.

Simbolismos estes que se tornaram muito adequados ao mistério natalino cristão, e que por isso, adentraram facilmente nos países sulinos. Visto que se converteram rapidamente em mais um elemento de pedagogia cristã para expressarmos a espera de Jesus como Luz e Vida, em conjunto com outros símbolos, certamente mais importantes, como são as leituras bíblicas, os textos de oração e o repertório de cantos.

O comércio e o sistema deste mundo fazem questão de esquecer o verdadeiro sentido do Natal e nós podemos cair nessa, mas é possível dar presente e celebrar o verdadeiro sentido: O Menino Jesus é o nosso grande presente!

Sugestão: você pode fazer uma coroa do Advento em sua casa e celebrar com sua família à luz da nossa fé a chegada de Jesus Cristo nosso Salvador. E a cada domingo ir acendendo as velas, convidando seus familiares para rezar.

Oração: Senhor Jesus, celebrar o teu Natal é fazer da minha vida, da minha casa, um lugar de eternidade e salvação. Que a Tua luz brilhe em cada coração. Acendendo cada vela desta coroa do Advento queremos acender a esperança, o amor, a fraternidade e a Salvação que é o grande presente que queremos dar a todos que amamos por intermédio do Menino Jesus, que vai nascer em nossa família.

Como você se prepara para celebrar esta grande festa do nascimento de Nosso Senhor Jesus Cristo? Clique em comentários e diga como você vive este tempo litúrgico? Natal feliz é Natal com Cristo!

Escute este conteúdo:

Visite o PODCAST do padre Luizinho:

Padre Luizinho - Comunidade Canção Nova
http://blog.cancaonova.com/padreluizinho/

sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

“Galera da Intera” está voltando!

Hoje acordei lembrando da “Galera da Intera”. Era um grupo de jovens que se reunia de vez em quando para bater um papo sadio, cantar músicas boas, fazer novas amizades e partilhar a coca-cola e o lanche.

Era tudo na base da “intera”, ou seja, partilhando nossa alegria, nossa “grana”, nosso lanche, nossa atenção e nossa experiência. Quem tinha dava a quem não tinha e não se fazia acepção de pessoas, nem credo, nem raça, nem nada.

A essência do grupo era boa, os momentos eram de muita alegria e união. Se discutia sobre algum tema específico e, quando batia a fome, todos se cotizavam e ligava para algum “Delivery” que traziam o nosso esperado lanche.

Galera do bem essa, viu?

Deixei meu saudosismo de lado e passei a ligar para cada um que fazia parte deste grupo com o intuito de voltarmos a nos reunir. Coisa boa a gente tem sempre que continuar a fazer.

Está lançado aqui a ideia, galera amada! Vamos marcar nosso primeiro encontro? Vou aguardar com muita ansiedade, visse?

Valeu Galera da Intera! Deus nos abençoe!

quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

Onde estão os nossos jovens? (última parte)

Os jovens me param nas ruas e perguntam o que vou fazer para ajudá-los. Ouço críticas de uns, elogios de outros, mas o que me empolga é saber que estou no caminho certo. Rezo, pesquiso, medito e só me vem uma coisa: Está na hora de agir, Paulo!

Os nossos jovens se perdem nas baladas, nas ruas, nas praças e ficamos de braços cruzados apenas se lamentando. Como cristãos não podemos nos omitir ao chamado de Deus de sermos missionários ardorosos. Como filhos do Pai não podemos deixar nossos irmãos a mercê do mundo. Alguns me chamam de doido e vou usar essa “loucura” que Jesus me deu para fazer algo pela juventude a partir de agora.

Os hipócritas de plantão colocam a culpa nos jovens: eles são irresponsáveis, não querem nada. Os omissos de ocasião se fazem de bobos. Os oportunistas querem tirar vantagem. Os mais santos e mais anjos fecham as portas para eles, impõe regras e leis impossíveis até pra eles mesmos. Jesus misericórdia!

Jesus quer jovens, como eles são, dentro das igrejas e fora dela. Jovens comprometidos com a Vida, com o país, com a família e com a igreja. Jovens que são jovens. Jovens evangelizando jovens e testemunhando Jesus nas ruas, baladas, festinhas, escola, trabalho, casa, igreja. Jovens conscientes do que querem, com propósitos de vida bem definidos. Jovens sociáveis, ecológicos, artísticos, politizados. Jovens que não se enganam com baboseiras, modismos, besteirol de televisão. Jovens antenados na tecnologia da informação levando amor, paz e comunhão aos outros jovens.

Chega de portas fechadas, de hipocrisia, de conversa fiada. Se ninguém se importa com os jovens, eles mesmos vão se levantar e vão mostrar que podem ser santos e ser jovens. Vão se unir e se fortalecer e revolucionar a juventude da nossa cidade, do nosso estado, do nosso país e do mundo.

O nosso santo Papa João Paulo II já os chamava e agora Bento XVI os chama novamente a fazer parte dessa massa jovem que vai trazer vida nova a nossa igreja, que vai avivar a nossa fé e vai modificar o mundo!

Deus salve os jovens!

quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

Cristo Remix, a balada santa!

Em 2007 comecei um projeto de evangelização para a juventude que ama a música eletrônica: Cristo Remix. O evento foi muito bom, mas parou devido meu afastamento pela doença de minha filha.

Este ano fui motivado a voltar com esse projeto em 2011, com uma nova estrutura e novos talentos. Estou organizando a equipe de trabalho e buscando parceiros para o projeto.

Enquanto não defino a data, você pode adicionar o novo perfil no orkut para ficar por dentro do evento e ir se preparando para essa grande balada santa no início de 2011. Aguardem muitas novidades!

http://www.orkut.com.br/Main#Profile?uid=13695502397182057170

Este é o perfil oficial Cristo Remix!

Obs.: Interessados em patrocinar, apoiar, divulgar ou fazer parte das equipes de trabalho, ligar para:

(81) 9602-1240 (Paulo)/9469-4416 (Thiago)/ 8669-4725 (Aroldo)

terça-feira, 30 de novembro de 2010

Cena musical católica pernambucana em renovação!

Este ano Deus me mostrou que a nossa música católica está se renovando. Conheci muita gente e bandas de boa qualidade que estão se lançando ou se reformando.

Gente que estava parada e que, para graça de Deus, estão voltando com força total! Gente nova que está empenhada em renovar a cena musical pernambucana.

O que mais me deixou feliz foi ver que um sonho, acalentado a muito tempo, está para se realizar: a nossa música católica pernambucana de qualidade para o mundo ouvir.

Temos coisas muito boas que já estão acontecendo como: Banda Vox Dei, Banda São Francisco, Sacrum Cor, Banda Archangellus, Ministério Carismas, Banda Arcanjos, Paulo Deérre, Binho Lins, Reginaldo & Beth, Ministério Diocesano, Ministério Santo Antônio, Banda Dom de Resgate, etc.

O que nos falta agora é nos unirmos ainda mais com o objetivo de levar adiante a obra de Deus e que todo o mundo possa ouvir, ver, respeitar e apoiar a nova música católica pernambucana!

Louvado seja Deus que nos reuniu no amor de Cristo!

Religiosos comemoram os 30 anos do movimento católico Mãe Rainha

No santuário, que fica em Olinda, foi celebrada, no último domingo (28), uma missa para lembrar a data

Foto: Pascom AOR
Da Alemanha para o Brasil. O movimento católico Mãe Rainha completou 30 anos de atuação no Nordeste. No santuário, que fica em Olinda, foi celebrada uma missa para lembrar a data.

O santuário inaugurado há 18 anos fica no alto de uma colina no bairro de Ouro Preto, com uma visão panorâmica do Recife e Olinda. Dentro da capelinha fica o altar, talhado em madeira de lei, em homenagem a Nossa Senhora.

No último domingo (28), os devotos subiram o morro por um motivo especial, celebrar os 30 anos da chegada do Movimento da Mãe Rainha ao Nordeste. Um culto que começou em um pequeno povoado na Alemanha, em 1914. Os que participam são divididos em grupos de 30 famílias que se revezam abrigando em casa uma imagem peregrina de Nossa Senhora.

Durante a celebração, os padres lembraram o papel de nossa senhora na educação das famílias. “Assim como uma mãe é fundamental na criação de uma família, a mãe dos céus tem o mesmo papel, mas em grau muito maior”, disse o padre Daniel Lencastre.

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Onde estão os nossos jovens? (parte 2)

Quando lancei a primeira parte deste artigo foi para ouvir a opinião pública sobre a realidade jovem, que vem se apresentando atualmente em nossas cidades. Os poucos comentários deixados pude perceber que os jovens estão divididos e desnorteados no que se refere a Igreja e a Deus.

Minha opinião é de que eles estão mal informados do que a nossa Igreja Católica prega. Eles falam daquilo que o coração está cheio, ou seja, de decepções com pessoas, com grupos, com sacerdotes, com comunidades e com pastorais.

Eu compartilho de suas dores, pois também tive muitas decepções, mas procuro deixar o Amor que aprendi com Cristo, e não com os homens, falar mais alto.

Está na hora de deixarmos nossas diferenças de lado e buscar o que realmente importa: o amor entre irmãos. Isso se faz na doação ao outro, sem preconceitos, sem cobranças e sem retorno.

Você acha isso impossível? Te digo nada é impossível ao que crê!

Não fiz este artigo para criticar a Igreja Católica, seus sacerdotes, seus movimentos e suas pastorais, mas para acharmos um meio comum que possa levar nossos jovens ao seio da madre igreja, ao colo de Jesus, onde jamais teríamos de ter saído.

Foi bom ter lido cada comentário feito e também ouvido os que me falaram pessoalmente. Pois, pude ver que a preocupação com os jovens não é apenas minha, mas de muita gente.

Espero, em Deus, poder ver nossos jovens conscientes do que querem, vivendo em comunhão com Deus e a favor da Vida. Ver uma juventude comprometida com o nosso país e com a família. Ver jovens com uma felicidade íntima e duradora. Ver um jovem que digam não ao que o leva a morte do corpo e da alma.

Deus nos abençoem e nos guardem!

Leia também a primeira parte deste artigo em http://blogdopaulodr.blogspot.com/2010/11/onde-estao-os-nossos-jovens.html

sábado, 27 de novembro de 2010

JMJ promove concurso de canções

A Jornada Mundial da Juventude (JMJ) vai realizar um concurso no qual se selecionarão várias canções que se ouvirão durante a festa de Madri, na Espanha, em agosto de 2011.

Nas próximas semanas serão publicadas os detalhes sobre este concurso. A letra destas propostas deve estar relacionada com o tema da Jornada: “Enraizados e edificados em Cristo, firmes na fé”.

Acesse

A mensagem do Papa Bento XVI para a JMJ organiza este tema de uma maneira muito gráfica, tornando-se uma fonte de inspiração para os compositores das canções da JMJ.

Já hino da JMJ de Madri foi estreado último dia 8 de Novembro durante na vigília da padroeira de Madri, a Virgem da Almudena. Este hino tem várias versões, segundo o ambiente em que se utilize: o litúrgico, o festivo ou o mais lúdico e juvenil.

Tanto a letra como a música foram escolhidas com uma finalidade que ajude à oração, à reflexão sobre o tema e ao encontro festivo dos jovens.

"O hino da JMJ é um canto a Cristo. Não pode ser de outra maneira: desde as origens do cristianismo a Igreja cantou a Cristo como ao Filho de Deus nascido da Virgem Maria. Os jovens que participam nas JMJ seguem Cristo, amam-no e cantam-lhe festivamente", salienta o bispo auxiliar de Madri e coordenador da JMJ, Dom César Franco.

Fonte: Canção Nova

sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Evento comemora Dia Nacional de Ação de Graças

Da Assessoria de Comunicação da Arquidiocese com informações do site Ação de Graças

Logomarca do Comitê do Dia Nacional de Ação de Graças-DNAG
Poucas pessoas sabem, mas ontem, 25, foi celebrado o Dia Nacional de Ação de Graças. O Marco Zero, bairro do Recife Antigo, foi o local escolhido para sediar o ato de louvor e gratidão a Deus. O evento, que independente de cor, raça, ideologia política ou credo religioso, tem início às 19h e contará com a participação dos cantores padre João Carlos Ribeiro e Silvério Pessoa. O arcebispo de Olinda e Recife, dom Antônio Fernando Saburido também estará presente.

História - A comemoração faz parte do calendário oficial do Brasil de acordo com a Lei nº 781, de 17 de agosto de 1949, sancionada pelo presidente Eurico Gaspar Dutra, que institui o dia na quarta quinta-feira do mês de novembro, de acordo com a redação dada pela Lei nº 5.110, de 1966,assinada pelo Presidente Castelo Branco. Foi o pernambucano Joaquim Nabuco que trouxe a ideia da celebração para o país. Nabuco era embaixador do Brasil nos Estados Unidos, quando no ano de 1909 assistiu a uma celebração de gratidão e se impressionou com o exemplo de gratidão a Deus do povo americano.

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Arquidiocese divulga programação do Centenário

Em entrevista coletiva, realizada na manhã desta terça-feira, 23, no Palácio dos Manguinhos, sede da Cúria Metropolitana, o arcebispo de Olinda e Recife, dom Antônio Fernando Saburido, divulgou a programação das festividades pelos 100 anos da arquidiocese. Entre os eventos, estão previstos uma exposição de artes sacra, lançamento do selo e revista comemorativa, além de uma grande concelebração eucarística presidida pelo Núncio Apóstolico no Brasil, dom Lorenzo Baldisseri.

As comemorações têm início no próximo sábado, 27, às 19h, com a Santa Missa, na Catedral da Sé, em Olinda. Além da celebração, as pessoas assistirão a apresentação da Orquestra Criança Cidadã. Na semana que antecede o aniversário da arquidiocese, haverá a abertura da Exposição de Arte Sacra, no Paço Alfândega, bairro do Recife Antigo. "Vamos fazer uma exposição de peças raríssimas não só da Arquidiocese de Olinda e Recife como também de dioceses vizinhas. Inclusive tem um cálice que foi doado pela princesa Isabel ao primeiro bispo da arquidiocese, dom Luiz Brito", revelou o arcebispo.

No dia 1º de dezembro, será lançado, às 10h, no Palácio dos Manguinhos o Selo Comemorativo dos Correios e a revista "100 anos de missão a serviço da vida". Nesse mesmo dia, às 16h, na Câmara de Veradores do Recife, dom Fernando Saburido recebe o Título de Cidadão Recifense. A homenagem foi proposta pelo vereador Josenildo Sinésio.



As comemorações pelo centenário serão encerradas no dia 05 de dezembro. Ao meio dia haverá repicar dos sinos de todas as Igrejas do Estado de Pernambuco. O Marco Zero, bairro do Recife Antigo, foi o local escolhido para o acolher os fiés e celebrar de forma grandiosa o aniversário da arquidiocese. A partir das 16h acontece a acolhida dos fieis. Em seguida, por volta das 17h, será realizada a concelebração eucarística presidida pelo representante do papa no Brasil, dom Lorenzo Baldisseri e concelebrada por dom Fernando Saburido, demais bispos das dioceses do Regional Nordeste 2 da Confederação dos Bispos do Brasil (CNBB) e com todo o clero. O cortejo litúrgico sairá da Igreja Madre de Deus.

video


De acordo com dom Fernando Saburido, a ideia da festa é integrar as dioceses do Estado e pôr a Igreja particular de Olinda e Recife em estado permanente de missão. "Será uma celebração alegre que tem como meta principal articular mais as dioceses da província de Pernambuco fazendo um trabalho em conjunto. Além de dinamizar mais a missão da arquidioce. Ninguém pode ser católico e ficar indiferente ao chamado da Igreja. Agora é o momento de louvor e integração para sairmos de lá bem dispostos para anunciar o Reino de Deus", afirmou.

Após a Santa Missa, os fieis participam de um momento artístico-cultural animado pelo padre Reginaldo Manzotti, com as presenças de Fafá de Belém e Geraldinho Lins. A arquidiocese estima que cerca de 100 mil pessoas participarão das festividades do dia 05.

Paróquias - No dia 05 de dezembro as Igrejas, que compõem a Arquidiocese de Olinda e Recife estarão fechadas, nos horários da tarde e da noite, para que as pessoas possam participar da concelebração do Centenário da arquidiocese, no Marco Zero. A única em que haverá missa será a Igreja do Morro da Conceição, às 20h.


PROGRAMAÇÃO

Dia 27 de novembro
19h- Santa Missa na Sé de Olinda, Igreja Catedral. Apresentação da Orquestra Criança Cidadã

Dia 29 de novembro
18h – Abertura da Exposição de Arte Sacra da AOR: “100 anos de missão a serviço da vida”, no Paço Alfândega, Bairro do Recife.

Dia 01 de dezembro
10h – Lançamento do selo comemorativo e da edição especial da Revista Comemorativa, na Cúria Metropolitana - Palácio dos Manguinhos.

16h – Entrega do Título de Cidadão Recifense ao Arcebispo Metropolitano de Olinda e Recife, Dom Fernando Saburido, OSB, na Câmara Municipal do Recife, Rua Princesa Isabel, 410, Boa Vista, Recife-PE

Dia 05 de dezembro
12h – Repicar dos sinos de todas as igrejas do Estado de Pernambuco
16h – Acolhida dos fiéis e animação no Marco Zero
17h - Solene concelebração eucarística presidida pelo Núncio Apóstolico no Brasil Dom Lorenzo Baldisseri e concelebrada por Dom Fernando Saburido e demais Bispos das Dioceses do Estado de Pernambuco com todo o clero – cortejo litúrgico saindo da Madre de Deus.
20h – Momento artístico-cultural com o Pe. Reginaldo Manzotti e Fafá de Belém.

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Deus faz cada uma comigo!

O lançamento do Disco Quero Voltar, no Agita Recife 2010, foi além das minhas expectativas!

A emoção de ter Haroldo (Anjos de Resgate) na técnica de som, Peter (Bateria), Dedei (baixo), Rafa (samplers), J. Neto (guita), Liudinho (sax), Thiba (produção) e Jamerson (rodie) me fez perceber a importância dos amigos em nossa vida.

Participações mais que especiais de Marcelo Duarte (eu não sabia que ele vinha, mais uma surpresa de Deus pra mim), Binho Lins (sempre comigo), João Santos (grande e novo parceiro) e Roseanne (Comunidade Shalom) foram o diferencial deste show.

Pra mim os momentos mais fortes foram: a presença do Marcelão, o momento com a minha filha e o canção de Nossa Senhora, junto com Binho, João e Roseanne. A emoção foi a mil!

Quero agradecer a Comunidade Shalom pelo carinho, atenção e força ao meu ministério. Especialmente a Elícia, que esteve sempre em contato e me dando apoio.

Agradecer ao povo olindense que foi em peso e a galera do Cabo que sempre está presente a tudo que faço.

Agradecer a minha família por sempre apostar em mim!

Não canso de agradecer a Deus pela presença de anjos em minha vida. Pessoas que me amparam quando rio e quando choro. Gente que acredita em mim mesmo quando eu não acredito.

Agradecer, de forma especial, a Maria, mãe de Deus e nossa, que vive derramando graças em minha vida!

Jesus te amo, visse?

terça-feira, 16 de novembro de 2010

Onde estão os nossos jovens?

Uns dias atrás ouvi de um pregador da Canção Nova uma profecia que diz sobre um novo avivamento na Igreja Católica. Se é verdade ou não, comecei a perceber que realmente estamos precisando urgente desse avivar.

Deus me deu um dom: o carisma da juventude e da música. Por isso vivo acompanhando esses jovens e observado o êxodo deles em nossas igrejas.

Olinda é uma cidade jovem, mas onde eles estão? Vejo-os nas ruas, nas praças em meio a bebidas, drogas e violência. Vejo-os numa alegria momentânea que dura apenas enquanto a bebida ou as drogas fazem efeito. O que fica depois? Peso na consciência, frustração, solidão, um vazio…

Tenho dó desses jovens e tristeza na alma porque a nossa igreja não tem preparação para acolhê-lhos, tratá-los com amor e fazê-los felizes e realizados.

Qual será o futuro da nossa amada Igreja Católica sem esses jovens? O que nossos sacerdotes, nosso arcebispo, nossos grupos e nossas pastorais estão fazendo pelos jovens? Gostaria que alguém me respondesse estas questões, pois estou inquieto e triste.

Ultimamente venho meditando sobre esse assunto, rezando muito, ouvindo o Senhor e me preparando para uma ação missionária, que ainda não sei como vai ser, mas acredito que será uma batalha feroz. Também congrego os sacerdotes, os grupos, as comunidades, os leigos adultos e a juventude para juntos lutarmos por um novo avivamento em nossa igreja amada e que ele venha através dos jovens, que é o futuro da nossa igreja.

Meu intuito é traçar um plano para resgatarmos nossos jovens para o colo amado de Jesus.

Espírito Santo, derramai vossos carismas!

Obs.: gostaria do seu comentário, sua crítica, sua sugestão sobre o exposto aqui, quem sabe não salvamos a vida dos nossos jovens!

segunda-feira, 15 de novembro de 2010

FLIPORTO e o Agita Recife!

A ida hoje a FLIPORTO foi muito legal! Revi velhos amigos, me reuni com a juventude da Paróquia São Pedro Martir, recebi a benção de Dom Marcelo, após a Missa em Guadalupe, pro meu ministério e disco e divulguei o Agita Recife!

O evento está super organizado e bem visitado. Ir a FLIPORTO fez o meu domingo ficar mais alegre, mais cultural e me abriu às novas idéias. Amanhã é o último dia, quem quiser um bom e sadio entretenimento tem que ir lá.

Sábado que vem tem Agita Recife, galera! Vamos agitar, visse?

Mais fotos em http://www.orkut.com.br/Main#Album?uid=990381606167228933&aid=1289764469

sábado, 13 de novembro de 2010

Disco Quero Voltar, uma história de Ágape!

Próximo sábado estarei concretizando um projeto que assumi com Deus no início deste ano: o Disco Quero Voltar.

Um trabalho realizado no silêncio da oração e deixando o Senhor conduzir sua obra. A cada etapa, o Senhor ia me revelando seu plano de amor para comigo e com todos.

Um disco com 10 canções que contam a minha história com Deus e com a vida. O despertar de um novo ministério, o começo de uma grande missão: levar o Ágape para quem está com sede e fome de amor.

Uma obra realizada com muita luta, confiança plena no Senhor e tantas renúncias que mudaram o meu olhar, o meu pensar e o meu sentir. Uma mudança radical que foi fruto da misericórdia divina.

Hoje, estou mais seguro, mais maduro e confiante que Deus tem grandes missões para o meu ministério e minha vida.

Consagrei este trabalho a Maria, mãe de Jesus, Nosso Senhor, por saber que Ela esteve, está e estará sempre comigo nesta nova jornada.

O Lançamento será no Agita Recife, promovido pela Comunidade Shalom, no dia 20 de novembro a partir das 19hs, na Concha Acústica da UFPE. Conto com todos vocês.

Louvado seja Deus!

sexta-feira, 12 de novembro de 2010

Lançado CD do Hino da Campanha da Fraternidade 2011

A gravadora Paulus acaba de lançar o CD com o Hino da Campanha da Fraternidade 2011, “Fraternidade e a Vida no Planeta”, e os cantos quaresmais para o Ano A (2011). O trabalho traz o hino da CF e o repertório quaresmal correspondente a cada ano. As livrarias católicas de todo o país venderão o CD que acompanha o material da CF-2011.

De acordo com o assessor de música litúrgica da CNBB, padre José Carlos Sala, o hino poder ser executado em algum momento mais adequado da celebração, a critério da equipe de celebração e de quem preside. “O hino poderá ser executado, por exemplo, em algum momento da homilia, o que facilitará a vinculação da liturgia da palavra com a vida (tema da CF) – ou nos ritos finais, no momento do envio”, disse o assessor.


A obra

O CD está enriquecido com mais oito faixas inéditas para as celebrações quaresmais do ano A, além de outros cantos do Hinário Litúrgico da CNBB.

A letra do hino suscita uma profunda reflexão sobre a sustentabilidade da vida no planeta e faz veemente convite para cuidar da vida: “Nossa mãe terra, Senhor, geme de dor noite e dia. Será de parto esta dor ou simplesmente agonia? Vai depender só de nós...” (refrão do hino).

Padre Sala ressalta que vale lembrar que o lecionário dominical – embora trazendo nos dois primeiros domingos dos anos A, B e C o mesmo conteúdo evangélico (Deserto e Transfiguração de Jesus) – propõe três diferentes “itinerários” quaresmais: No ano A, os evangelhos estão intimamente relacionados com a temática do batismo (“Samaritana”, “Cego de nascença” e “Ressurreição de Lázaro”). No ano B, o acento recai sobre a pessoa de Jesus Cristo (“Expulsão dos vendilhões”, “Encontro com Nicodemos”, “O grão caído na terra”). Por fim, no ano C, a penitência e a conversão aparecem bem evidenciados (cf. parábolas da “Figueira estéril”, do “Filho pródigo” e o episódio da a “Mulher pecadora”).

“De acordo com suas potencialidades, as equipes de canto e música escolherão o melhor meio para apropriar-se desse rico repertório quaresmal que aparece no CD e ajudar os fiéis na assimilação dos cantos próprios deste tempo”, completa o assessor.

Fonte: CNBB

51ª Semana Eucarística Arquidiocesana será na Matriz da Boa Vista

A 51ª Semana Eucarística da Arquidiocese de Olinda e Recife começa no próximo domingo, 14, e segue até o dia 21, no Santuário no Santíssimo Sacramento, Matriz da Boa Vista, Centro do Recife. O tema do Evento é: “E o Verbo se fez carne, e habitou entre nós; e nós vimos a Sua glória” (Jo. 1, 14).  A Semana tem início com a Missa de abertura e exposição Solene do Santíssimo Sacramento, a partir das 9h.

Movimento Eucarístico Arquidiocesano - Olinda e Recife.

Programação vide

http://arquidiocesedeolindaerecife.blogspot.com/2010/11/51-semana-eucaristica-arquidiocesana.html

terça-feira, 9 de novembro de 2010

Evangelização é show na Vitória Régia

Dois shows católicos e a Lojinha do Cristo Forte deram o toque de evangelização na 32ª Festa da Vitória Régia, na Praça de Casa Forte. Nunca na história do evento o Evangelho foi tão difundido. Desde a divulgação das atividades católicas até o encerramento da festa, o nome de Jesus foi exaltado.

A Lojinha teve movimento intenso durante os três dias da Festa, inclusive com a visita do arcebispo de Olinda e Recife, dom Fernando Saburido, que congratulou o grupo Cristo Forte pela iniciativa. O estande também chamou a atenção da imprensa, com destaque no NETV, do sábado, e na Folha de Pernambuco.

As ações também despertaram o interesse do público. Primeiro, com a Comunidade Católica Shalom. Na sequência, o trio da Vox Dei também fez uma apresentação em frente ao estande. Isso, sem contar os vários momentos em que crianças, adolescentes, jovens e adultos estavam cantando, dançando e louvando a Deus na rua.

No domingo, durante o Pintando na Praça, o Cristo Forte abriu um espaço para as crianças e as famílias pintarem presépios no Salão Paroquial. Usando a criatividade, as famílias saíram de lá com lindas obras.

E não demorou muito para notar que a Lojinha deu resultado. Nos três dias, era possível ver com facilidade pessoas circulando com camisas, sandálias e acessórios que foram adquiridos no estande.

Os shows da Vox Dei e dos Ministérios da Música e Artes Sacrum Cor do Cristo Forte fizeram o encerramento da Festa. Tudo registrado de perto pelo Ministério da Comunicação, que colocou na Internet em tempo real todos os momentos da Vitória Régia.

“Jesus olhou bem para eles e disse: “Para os homens isso é impossível, mas para Deus tudo é possível”. (Mt 19, 26).

Fonte: Grupo Jovem Cristo Forte

http://www.cristoforte.com.br/