terça-feira, 30 de novembro de 2010

Cena musical católica pernambucana em renovação!

Este ano Deus me mostrou que a nossa música católica está se renovando. Conheci muita gente e bandas de boa qualidade que estão se lançando ou se reformando.

Gente que estava parada e que, para graça de Deus, estão voltando com força total! Gente nova que está empenhada em renovar a cena musical pernambucana.

O que mais me deixou feliz foi ver que um sonho, acalentado a muito tempo, está para se realizar: a nossa música católica pernambucana de qualidade para o mundo ouvir.

Temos coisas muito boas que já estão acontecendo como: Banda Vox Dei, Banda São Francisco, Sacrum Cor, Banda Archangellus, Ministério Carismas, Banda Arcanjos, Paulo Deérre, Binho Lins, Reginaldo & Beth, Ministério Diocesano, Ministério Santo Antônio, Banda Dom de Resgate, etc.

O que nos falta agora é nos unirmos ainda mais com o objetivo de levar adiante a obra de Deus e que todo o mundo possa ouvir, ver, respeitar e apoiar a nova música católica pernambucana!

Louvado seja Deus que nos reuniu no amor de Cristo!

Religiosos comemoram os 30 anos do movimento católico Mãe Rainha

No santuário, que fica em Olinda, foi celebrada, no último domingo (28), uma missa para lembrar a data

Foto: Pascom AOR
Da Alemanha para o Brasil. O movimento católico Mãe Rainha completou 30 anos de atuação no Nordeste. No santuário, que fica em Olinda, foi celebrada uma missa para lembrar a data.

O santuário inaugurado há 18 anos fica no alto de uma colina no bairro de Ouro Preto, com uma visão panorâmica do Recife e Olinda. Dentro da capelinha fica o altar, talhado em madeira de lei, em homenagem a Nossa Senhora.

No último domingo (28), os devotos subiram o morro por um motivo especial, celebrar os 30 anos da chegada do Movimento da Mãe Rainha ao Nordeste. Um culto que começou em um pequeno povoado na Alemanha, em 1914. Os que participam são divididos em grupos de 30 famílias que se revezam abrigando em casa uma imagem peregrina de Nossa Senhora.

Durante a celebração, os padres lembraram o papel de nossa senhora na educação das famílias. “Assim como uma mãe é fundamental na criação de uma família, a mãe dos céus tem o mesmo papel, mas em grau muito maior”, disse o padre Daniel Lencastre.

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Onde estão os nossos jovens? (parte 2)

Quando lancei a primeira parte deste artigo foi para ouvir a opinião pública sobre a realidade jovem, que vem se apresentando atualmente em nossas cidades. Os poucos comentários deixados pude perceber que os jovens estão divididos e desnorteados no que se refere a Igreja e a Deus.

Minha opinião é de que eles estão mal informados do que a nossa Igreja Católica prega. Eles falam daquilo que o coração está cheio, ou seja, de decepções com pessoas, com grupos, com sacerdotes, com comunidades e com pastorais.

Eu compartilho de suas dores, pois também tive muitas decepções, mas procuro deixar o Amor que aprendi com Cristo, e não com os homens, falar mais alto.

Está na hora de deixarmos nossas diferenças de lado e buscar o que realmente importa: o amor entre irmãos. Isso se faz na doação ao outro, sem preconceitos, sem cobranças e sem retorno.

Você acha isso impossível? Te digo nada é impossível ao que crê!

Não fiz este artigo para criticar a Igreja Católica, seus sacerdotes, seus movimentos e suas pastorais, mas para acharmos um meio comum que possa levar nossos jovens ao seio da madre igreja, ao colo de Jesus, onde jamais teríamos de ter saído.

Foi bom ter lido cada comentário feito e também ouvido os que me falaram pessoalmente. Pois, pude ver que a preocupação com os jovens não é apenas minha, mas de muita gente.

Espero, em Deus, poder ver nossos jovens conscientes do que querem, vivendo em comunhão com Deus e a favor da Vida. Ver uma juventude comprometida com o nosso país e com a família. Ver jovens com uma felicidade íntima e duradora. Ver um jovem que digam não ao que o leva a morte do corpo e da alma.

Deus nos abençoem e nos guardem!

Leia também a primeira parte deste artigo em http://blogdopaulodr.blogspot.com/2010/11/onde-estao-os-nossos-jovens.html

sábado, 27 de novembro de 2010

JMJ promove concurso de canções

A Jornada Mundial da Juventude (JMJ) vai realizar um concurso no qual se selecionarão várias canções que se ouvirão durante a festa de Madri, na Espanha, em agosto de 2011.

Nas próximas semanas serão publicadas os detalhes sobre este concurso. A letra destas propostas deve estar relacionada com o tema da Jornada: “Enraizados e edificados em Cristo, firmes na fé”.

Acesse

A mensagem do Papa Bento XVI para a JMJ organiza este tema de uma maneira muito gráfica, tornando-se uma fonte de inspiração para os compositores das canções da JMJ.

Já hino da JMJ de Madri foi estreado último dia 8 de Novembro durante na vigília da padroeira de Madri, a Virgem da Almudena. Este hino tem várias versões, segundo o ambiente em que se utilize: o litúrgico, o festivo ou o mais lúdico e juvenil.

Tanto a letra como a música foram escolhidas com uma finalidade que ajude à oração, à reflexão sobre o tema e ao encontro festivo dos jovens.

"O hino da JMJ é um canto a Cristo. Não pode ser de outra maneira: desde as origens do cristianismo a Igreja cantou a Cristo como ao Filho de Deus nascido da Virgem Maria. Os jovens que participam nas JMJ seguem Cristo, amam-no e cantam-lhe festivamente", salienta o bispo auxiliar de Madri e coordenador da JMJ, Dom César Franco.

Fonte: Canção Nova

sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Evento comemora Dia Nacional de Ação de Graças

Da Assessoria de Comunicação da Arquidiocese com informações do site Ação de Graças

Logomarca do Comitê do Dia Nacional de Ação de Graças-DNAG
Poucas pessoas sabem, mas ontem, 25, foi celebrado o Dia Nacional de Ação de Graças. O Marco Zero, bairro do Recife Antigo, foi o local escolhido para sediar o ato de louvor e gratidão a Deus. O evento, que independente de cor, raça, ideologia política ou credo religioso, tem início às 19h e contará com a participação dos cantores padre João Carlos Ribeiro e Silvério Pessoa. O arcebispo de Olinda e Recife, dom Antônio Fernando Saburido também estará presente.

História - A comemoração faz parte do calendário oficial do Brasil de acordo com a Lei nº 781, de 17 de agosto de 1949, sancionada pelo presidente Eurico Gaspar Dutra, que institui o dia na quarta quinta-feira do mês de novembro, de acordo com a redação dada pela Lei nº 5.110, de 1966,assinada pelo Presidente Castelo Branco. Foi o pernambucano Joaquim Nabuco que trouxe a ideia da celebração para o país. Nabuco era embaixador do Brasil nos Estados Unidos, quando no ano de 1909 assistiu a uma celebração de gratidão e se impressionou com o exemplo de gratidão a Deus do povo americano.

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Arquidiocese divulga programação do Centenário

Em entrevista coletiva, realizada na manhã desta terça-feira, 23, no Palácio dos Manguinhos, sede da Cúria Metropolitana, o arcebispo de Olinda e Recife, dom Antônio Fernando Saburido, divulgou a programação das festividades pelos 100 anos da arquidiocese. Entre os eventos, estão previstos uma exposição de artes sacra, lançamento do selo e revista comemorativa, além de uma grande concelebração eucarística presidida pelo Núncio Apóstolico no Brasil, dom Lorenzo Baldisseri.

As comemorações têm início no próximo sábado, 27, às 19h, com a Santa Missa, na Catedral da Sé, em Olinda. Além da celebração, as pessoas assistirão a apresentação da Orquestra Criança Cidadã. Na semana que antecede o aniversário da arquidiocese, haverá a abertura da Exposição de Arte Sacra, no Paço Alfândega, bairro do Recife Antigo. "Vamos fazer uma exposição de peças raríssimas não só da Arquidiocese de Olinda e Recife como também de dioceses vizinhas. Inclusive tem um cálice que foi doado pela princesa Isabel ao primeiro bispo da arquidiocese, dom Luiz Brito", revelou o arcebispo.

No dia 1º de dezembro, será lançado, às 10h, no Palácio dos Manguinhos o Selo Comemorativo dos Correios e a revista "100 anos de missão a serviço da vida". Nesse mesmo dia, às 16h, na Câmara de Veradores do Recife, dom Fernando Saburido recebe o Título de Cidadão Recifense. A homenagem foi proposta pelo vereador Josenildo Sinésio.



As comemorações pelo centenário serão encerradas no dia 05 de dezembro. Ao meio dia haverá repicar dos sinos de todas as Igrejas do Estado de Pernambuco. O Marco Zero, bairro do Recife Antigo, foi o local escolhido para o acolher os fiés e celebrar de forma grandiosa o aniversário da arquidiocese. A partir das 16h acontece a acolhida dos fieis. Em seguida, por volta das 17h, será realizada a concelebração eucarística presidida pelo representante do papa no Brasil, dom Lorenzo Baldisseri e concelebrada por dom Fernando Saburido, demais bispos das dioceses do Regional Nordeste 2 da Confederação dos Bispos do Brasil (CNBB) e com todo o clero. O cortejo litúrgico sairá da Igreja Madre de Deus.

video


De acordo com dom Fernando Saburido, a ideia da festa é integrar as dioceses do Estado e pôr a Igreja particular de Olinda e Recife em estado permanente de missão. "Será uma celebração alegre que tem como meta principal articular mais as dioceses da província de Pernambuco fazendo um trabalho em conjunto. Além de dinamizar mais a missão da arquidioce. Ninguém pode ser católico e ficar indiferente ao chamado da Igreja. Agora é o momento de louvor e integração para sairmos de lá bem dispostos para anunciar o Reino de Deus", afirmou.

Após a Santa Missa, os fieis participam de um momento artístico-cultural animado pelo padre Reginaldo Manzotti, com as presenças de Fafá de Belém e Geraldinho Lins. A arquidiocese estima que cerca de 100 mil pessoas participarão das festividades do dia 05.

Paróquias - No dia 05 de dezembro as Igrejas, que compõem a Arquidiocese de Olinda e Recife estarão fechadas, nos horários da tarde e da noite, para que as pessoas possam participar da concelebração do Centenário da arquidiocese, no Marco Zero. A única em que haverá missa será a Igreja do Morro da Conceição, às 20h.


PROGRAMAÇÃO

Dia 27 de novembro
19h- Santa Missa na Sé de Olinda, Igreja Catedral. Apresentação da Orquestra Criança Cidadã

Dia 29 de novembro
18h – Abertura da Exposição de Arte Sacra da AOR: “100 anos de missão a serviço da vida”, no Paço Alfândega, Bairro do Recife.

Dia 01 de dezembro
10h – Lançamento do selo comemorativo e da edição especial da Revista Comemorativa, na Cúria Metropolitana - Palácio dos Manguinhos.

16h – Entrega do Título de Cidadão Recifense ao Arcebispo Metropolitano de Olinda e Recife, Dom Fernando Saburido, OSB, na Câmara Municipal do Recife, Rua Princesa Isabel, 410, Boa Vista, Recife-PE

Dia 05 de dezembro
12h – Repicar dos sinos de todas as igrejas do Estado de Pernambuco
16h – Acolhida dos fiéis e animação no Marco Zero
17h - Solene concelebração eucarística presidida pelo Núncio Apóstolico no Brasil Dom Lorenzo Baldisseri e concelebrada por Dom Fernando Saburido e demais Bispos das Dioceses do Estado de Pernambuco com todo o clero – cortejo litúrgico saindo da Madre de Deus.
20h – Momento artístico-cultural com o Pe. Reginaldo Manzotti e Fafá de Belém.

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Deus faz cada uma comigo!

O lançamento do Disco Quero Voltar, no Agita Recife 2010, foi além das minhas expectativas!

A emoção de ter Haroldo (Anjos de Resgate) na técnica de som, Peter (Bateria), Dedei (baixo), Rafa (samplers), J. Neto (guita), Liudinho (sax), Thiba (produção) e Jamerson (rodie) me fez perceber a importância dos amigos em nossa vida.

Participações mais que especiais de Marcelo Duarte (eu não sabia que ele vinha, mais uma surpresa de Deus pra mim), Binho Lins (sempre comigo), João Santos (grande e novo parceiro) e Roseanne (Comunidade Shalom) foram o diferencial deste show.

Pra mim os momentos mais fortes foram: a presença do Marcelão, o momento com a minha filha e o canção de Nossa Senhora, junto com Binho, João e Roseanne. A emoção foi a mil!

Quero agradecer a Comunidade Shalom pelo carinho, atenção e força ao meu ministério. Especialmente a Elícia, que esteve sempre em contato e me dando apoio.

Agradecer ao povo olindense que foi em peso e a galera do Cabo que sempre está presente a tudo que faço.

Agradecer a minha família por sempre apostar em mim!

Não canso de agradecer a Deus pela presença de anjos em minha vida. Pessoas que me amparam quando rio e quando choro. Gente que acredita em mim mesmo quando eu não acredito.

Agradecer, de forma especial, a Maria, mãe de Deus e nossa, que vive derramando graças em minha vida!

Jesus te amo, visse?

terça-feira, 16 de novembro de 2010

Onde estão os nossos jovens?

Uns dias atrás ouvi de um pregador da Canção Nova uma profecia que diz sobre um novo avivamento na Igreja Católica. Se é verdade ou não, comecei a perceber que realmente estamos precisando urgente desse avivar.

Deus me deu um dom: o carisma da juventude e da música. Por isso vivo acompanhando esses jovens e observado o êxodo deles em nossas igrejas.

Olinda é uma cidade jovem, mas onde eles estão? Vejo-os nas ruas, nas praças em meio a bebidas, drogas e violência. Vejo-os numa alegria momentânea que dura apenas enquanto a bebida ou as drogas fazem efeito. O que fica depois? Peso na consciência, frustração, solidão, um vazio…

Tenho dó desses jovens e tristeza na alma porque a nossa igreja não tem preparação para acolhê-lhos, tratá-los com amor e fazê-los felizes e realizados.

Qual será o futuro da nossa amada Igreja Católica sem esses jovens? O que nossos sacerdotes, nosso arcebispo, nossos grupos e nossas pastorais estão fazendo pelos jovens? Gostaria que alguém me respondesse estas questões, pois estou inquieto e triste.

Ultimamente venho meditando sobre esse assunto, rezando muito, ouvindo o Senhor e me preparando para uma ação missionária, que ainda não sei como vai ser, mas acredito que será uma batalha feroz. Também congrego os sacerdotes, os grupos, as comunidades, os leigos adultos e a juventude para juntos lutarmos por um novo avivamento em nossa igreja amada e que ele venha através dos jovens, que é o futuro da nossa igreja.

Meu intuito é traçar um plano para resgatarmos nossos jovens para o colo amado de Jesus.

Espírito Santo, derramai vossos carismas!

Obs.: gostaria do seu comentário, sua crítica, sua sugestão sobre o exposto aqui, quem sabe não salvamos a vida dos nossos jovens!

segunda-feira, 15 de novembro de 2010

FLIPORTO e o Agita Recife!

A ida hoje a FLIPORTO foi muito legal! Revi velhos amigos, me reuni com a juventude da Paróquia São Pedro Martir, recebi a benção de Dom Marcelo, após a Missa em Guadalupe, pro meu ministério e disco e divulguei o Agita Recife!

O evento está super organizado e bem visitado. Ir a FLIPORTO fez o meu domingo ficar mais alegre, mais cultural e me abriu às novas idéias. Amanhã é o último dia, quem quiser um bom e sadio entretenimento tem que ir lá.

Sábado que vem tem Agita Recife, galera! Vamos agitar, visse?

Mais fotos em http://www.orkut.com.br/Main#Album?uid=990381606167228933&aid=1289764469

sábado, 13 de novembro de 2010

Disco Quero Voltar, uma história de Ágape!

Próximo sábado estarei concretizando um projeto que assumi com Deus no início deste ano: o Disco Quero Voltar.

Um trabalho realizado no silêncio da oração e deixando o Senhor conduzir sua obra. A cada etapa, o Senhor ia me revelando seu plano de amor para comigo e com todos.

Um disco com 10 canções que contam a minha história com Deus e com a vida. O despertar de um novo ministério, o começo de uma grande missão: levar o Ágape para quem está com sede e fome de amor.

Uma obra realizada com muita luta, confiança plena no Senhor e tantas renúncias que mudaram o meu olhar, o meu pensar e o meu sentir. Uma mudança radical que foi fruto da misericórdia divina.

Hoje, estou mais seguro, mais maduro e confiante que Deus tem grandes missões para o meu ministério e minha vida.

Consagrei este trabalho a Maria, mãe de Jesus, Nosso Senhor, por saber que Ela esteve, está e estará sempre comigo nesta nova jornada.

O Lançamento será no Agita Recife, promovido pela Comunidade Shalom, no dia 20 de novembro a partir das 19hs, na Concha Acústica da UFPE. Conto com todos vocês.

Louvado seja Deus!

sexta-feira, 12 de novembro de 2010

Lançado CD do Hino da Campanha da Fraternidade 2011

A gravadora Paulus acaba de lançar o CD com o Hino da Campanha da Fraternidade 2011, “Fraternidade e a Vida no Planeta”, e os cantos quaresmais para o Ano A (2011). O trabalho traz o hino da CF e o repertório quaresmal correspondente a cada ano. As livrarias católicas de todo o país venderão o CD que acompanha o material da CF-2011.

De acordo com o assessor de música litúrgica da CNBB, padre José Carlos Sala, o hino poder ser executado em algum momento mais adequado da celebração, a critério da equipe de celebração e de quem preside. “O hino poderá ser executado, por exemplo, em algum momento da homilia, o que facilitará a vinculação da liturgia da palavra com a vida (tema da CF) – ou nos ritos finais, no momento do envio”, disse o assessor.


A obra

O CD está enriquecido com mais oito faixas inéditas para as celebrações quaresmais do ano A, além de outros cantos do Hinário Litúrgico da CNBB.

A letra do hino suscita uma profunda reflexão sobre a sustentabilidade da vida no planeta e faz veemente convite para cuidar da vida: “Nossa mãe terra, Senhor, geme de dor noite e dia. Será de parto esta dor ou simplesmente agonia? Vai depender só de nós...” (refrão do hino).

Padre Sala ressalta que vale lembrar que o lecionário dominical – embora trazendo nos dois primeiros domingos dos anos A, B e C o mesmo conteúdo evangélico (Deserto e Transfiguração de Jesus) – propõe três diferentes “itinerários” quaresmais: No ano A, os evangelhos estão intimamente relacionados com a temática do batismo (“Samaritana”, “Cego de nascença” e “Ressurreição de Lázaro”). No ano B, o acento recai sobre a pessoa de Jesus Cristo (“Expulsão dos vendilhões”, “Encontro com Nicodemos”, “O grão caído na terra”). Por fim, no ano C, a penitência e a conversão aparecem bem evidenciados (cf. parábolas da “Figueira estéril”, do “Filho pródigo” e o episódio da a “Mulher pecadora”).

“De acordo com suas potencialidades, as equipes de canto e música escolherão o melhor meio para apropriar-se desse rico repertório quaresmal que aparece no CD e ajudar os fiéis na assimilação dos cantos próprios deste tempo”, completa o assessor.

Fonte: CNBB

51ª Semana Eucarística Arquidiocesana será na Matriz da Boa Vista

A 51ª Semana Eucarística da Arquidiocese de Olinda e Recife começa no próximo domingo, 14, e segue até o dia 21, no Santuário no Santíssimo Sacramento, Matriz da Boa Vista, Centro do Recife. O tema do Evento é: “E o Verbo se fez carne, e habitou entre nós; e nós vimos a Sua glória” (Jo. 1, 14).  A Semana tem início com a Missa de abertura e exposição Solene do Santíssimo Sacramento, a partir das 9h.

Movimento Eucarístico Arquidiocesano - Olinda e Recife.

Programação vide

http://arquidiocesedeolindaerecife.blogspot.com/2010/11/51-semana-eucaristica-arquidiocesana.html

terça-feira, 9 de novembro de 2010

Evangelização é show na Vitória Régia

Dois shows católicos e a Lojinha do Cristo Forte deram o toque de evangelização na 32ª Festa da Vitória Régia, na Praça de Casa Forte. Nunca na história do evento o Evangelho foi tão difundido. Desde a divulgação das atividades católicas até o encerramento da festa, o nome de Jesus foi exaltado.

A Lojinha teve movimento intenso durante os três dias da Festa, inclusive com a visita do arcebispo de Olinda e Recife, dom Fernando Saburido, que congratulou o grupo Cristo Forte pela iniciativa. O estande também chamou a atenção da imprensa, com destaque no NETV, do sábado, e na Folha de Pernambuco.

As ações também despertaram o interesse do público. Primeiro, com a Comunidade Católica Shalom. Na sequência, o trio da Vox Dei também fez uma apresentação em frente ao estande. Isso, sem contar os vários momentos em que crianças, adolescentes, jovens e adultos estavam cantando, dançando e louvando a Deus na rua.

No domingo, durante o Pintando na Praça, o Cristo Forte abriu um espaço para as crianças e as famílias pintarem presépios no Salão Paroquial. Usando a criatividade, as famílias saíram de lá com lindas obras.

E não demorou muito para notar que a Lojinha deu resultado. Nos três dias, era possível ver com facilidade pessoas circulando com camisas, sandálias e acessórios que foram adquiridos no estande.

Os shows da Vox Dei e dos Ministérios da Música e Artes Sacrum Cor do Cristo Forte fizeram o encerramento da Festa. Tudo registrado de perto pelo Ministério da Comunicação, que colocou na Internet em tempo real todos os momentos da Vitória Régia.

“Jesus olhou bem para eles e disse: “Para os homens isso é impossível, mas para Deus tudo é possível”. (Mt 19, 26).

Fonte: Grupo Jovem Cristo Forte

http://www.cristoforte.com.br/

segunda-feira, 8 de novembro de 2010

CALEM A BOCA, NORDESTINOS!!!!

A eleição de Dilma Rousseff trouxe à tona, entre muitas outras coisas, o que há de pior no Brasil em relação aos preconceitos. Sejam eles religiosos, partidários, regionais, foram lançados à luz de maneira violenta, sádica e contraditória.

Já escrevi sobre os preconceitos religiosos em outros textos e a cada dia me envergonho mais do povo que se diz evangélico (do qual faço parte) e dos pilantras profissionais de púlpito, como Silas Malafaia, Renê Terra Nova e outros, que se venderam de forma absurda aos seus candidatos. E que fique bem claro: não os cito por terem apoiado o Serra… outros pastores se venderam vergonhosamente para apoiarem a candidata petista. A luta pelo poder ainda é a maior no meio do baixo-evangelicismo brasileiro.

Mas o que me motivou a escrever este texto foi a celeuma causada na internet, que extrapolou a rede mundial de computadores, pelas declarações da paulista, estudante de Direito, Mayara Petruso, alavancada por uma declaração no twitter: “Nordestino não é gente. Faça um favor a SP, mate um nordestino afogado!”.

Infelizmente, Mayara não foi a única. Vários outros “brasileiros” também passaram a agredir os nordestinos, revoltados com o resultado final das eleições, que elegeu a primeira mulher presidentE ou presidentA (sim, fui corrigido por muitos e convencido pelos “amigos” Houaiss e Aurélio) do nosso país.

E fiquei a pensar nas verdades ditas por estes jovens, tão emocionados em suas declarações contra os nordestinos. Eles têm razão!

Os nordestinos devem ficar quietos! Cale a boca, povo do Nordeste!

Que coisas boas vocês têm pra oferecer ao resto do país?

Ou vocês pensam que são os bons só porque deram à literatura brasileira nomes como o do alagoano Graciliano Ramos, dos paraibanos José Lins do Rego e Ariano Suassuna, dos pernambucanos João Cabral de Melo Neto e Manuel Bandeira, ou então dos cearenses José de Alencar e a maravilhosa Rachel de Queiroz?

Só porque o Maranhão nos deu Gonçalves Dias, Aluisio Azevedo, Arthur Azevedo, Ferreira Gullar, José Louzeiro e Josué Montello, e o Ceará nos presenteou com José de Alencar e Patativa do Assaré e a Bahia em seus encantos nos deu como herança Jorge Amado, vocês pensam que podem tudo?

Isso sem falar no humor brasileiro, de quem sugamos de vocês os talentos do genial Chico Anysio, do eterno trapalhão Renato Aragão, de Tom Cavalcante e até mesmo do palhaço Tiririca, que foi eleito o deputado federal mais votado pelos… pasmem… PAULISTAS!!!

E já que está na moda o cinema brasileiro, ainda poderia falar de atores como os cearenses José Wilker, Luiza Tomé, Milton Moraes e Emiliano Queiróz, o inesquecível Dirceu Borboleta, ou ainda do paraibano José Dumont ou de Marco Nanini, pernambucano.

Ah! E ainda os baianos Lázaro Ramos e Wagner Moura, que será eternizado pelo “carioca” Capitão Nascimento, de Tropa de Elite, 1 e 2.

Música? Não, vocês nordestinos não poderiam ter coisa boa a nos oferecer, povo analfabeto e sem cultura…

Ou pensam que teremos que aceitar vocês por causa da aterradora simplicidade e majestade de Luiz Gonzaga, o rei do baião? Ou das lindas canções de Nando Cordel e dos seus conterrâneos pernambucanos Alceu Valença, Dominguinhos, Geraldo Azevedo e Lenine? Isso sem falar nos paraibanos Zé e Elba Ramalho e do cearense Fagner…

E Não poderia deixar de lembrar também da genial família Caymmi e suas melofias doces e baianas a embalar dias e noites repletas de poesia…

Ah! Nordestinos…

Além de tudo isso, vocês ainda resistiram à escravatura? E foi daí que nasceu o mais famoso quilombo, símbolo da resistência dos negros á força opressora do branco que sabe o que é melhor para o nosso país? Por que vocês foram nos dar Zumbi dos Palmares? Só para marcar mais um ponto na sofrida e linda história do seu povo?

Um conselho, pobres nordestinos. Vocês deveriam aprender conosco, povo civilizado do sul e sudeste do Brasil. Nós, sim, temos coisas boas a lhes ensinar.

Por que não aprendem conosco os batidões do funk carioca? Deveriam aprender e ver as suas meninas dançarem até o chão, sendo carinhosamente chamadas de “cachorras”. Além disso, deveriam aprender também muito da poesia estética e musical de Tati Quebra-Barraco, Latino e Kelly Key. Sim, porque melhor que a asa branca bater asas e voar, é ter festa no apê e rolar bundalelê!

Por que não aprendem do pagode gostoso de Netinho de Paula? E ainda poderiam levar suas meninas para “um dia de princesa” (se não apanharem no caminho)! Ou então o rock melódico e poético de Supla! Vocês adorariam!!!

Mas se não quiserem, podemos pedir ao pessoal aqui do lado, do Mato Grosso do Sul, que lhes exporte o sertanejo universitário… coisa da melhor qualidade!

Ah! E sem falar numa coisa que vocês tem que aprender conosco, povo civilizado, branco e intelectualizado: explorar bem o trabalho infantil! Vocês não sabem, mas na verdade não está em jogo se é ou não trabalho infantil (isso pouco vale pra justiça), o que importa mesmo é o QUANTO esse trabalho infantil vai render. Ou vocês não perceberam ainda que suas crianças não podem trabalhar nas plantações, nas roças, etc. porque isso as afasta da escola e é um trabalho horroroso e sujo, mas na verdade, é porque ganha pouco. Bom mesmo é a menina deixar de estudar pra ser modelo e sustentar os pais, ou ser atriz mirim ou cantora e ter a sua vida totalmente modificada, mesmo que não tenha estrutura psicológica pra isso… mas o que importa mesmo é que vão encher o bolso e nunca precisarão de Bolsa-família, daí, é fácil criticar quem precisa!

Minha mensagem então é essa: – Calem a boca, nordestinos!

Calem a boca, porque vocês não precisam se rebaixar e tentar responder a tantos absurdos de gente que não entende o que é, mesmo sendo abandonado por tantos anos pelo próprio país, vocês tirarem tanta beleza e poesia das mãos calejadas e das peles ressecadas de sol a sol.

Calem a boca, e deixem quem não tem nada pra dizer jogar suas palavras ao vento. Não deixem que isso os tire de sua posição majestosa na construção desse povo maravilhoso, de tantas cores, sotaques, religiões e gentes.

Calem a boca, porque a história desse país responderá por si mesma a importância e a contribuição que vocês nos legaram, seja na literatura, na música, nas artes cênicas ou em quaisquer situações em que a força do seu povo falou mais alto e fez valer a máxima do escritor: “O sertanejo é, antes de tudo, um forte!”

Que o Deus de todos os povos, raças, tribos e nações, os abençoe, queridos irmãos nordestinos!

Por José Barbosa Junior

sábado, 6 de novembro de 2010

Olinda e Recife: história eclesiástica

Vale a pena recordar que nossa história eclesiástica oficial começa em 1614, quando foi criada a Prelazia de Pernambuco. Mas foi somente em 1676 que foi criada a Diocese de Olinda, cujo território era por demais vasto, abrangendo a totalidade dos estados de Pernambuco, Alagoas, Paraíba e Rio Grande do Norte. Até a criação da Arquidiocese de Olinda, em 05 de dezembro de 1910, tivemos como um Prelado, um Administrador Apostólico e 23 bispos como pastores, que corajosamente enfrentaram grandes distâncias, auxiliados pelos padres e visitadores diocesanos.

Dentre estes, destaca-se nosso 20º bispo, o grande dom Vital Maria Gonçalves de Oliveira, membro da Ordem dos Frades Menores Capuchinhos. Nascido em 1844 e ordenado presbítero em 1868, com apenas 28 anos incompletos foi ordenado bispo de Olinda. Juntamente com dom Antonio de Macedo Costa, bispo do Pará, foi protagonista da Questão Religiosa, que ocorreu de 1872 a 1875, por causa de sua interdição nas relações do clero com a maçonaria.

Quando a diocese de Olinda tornou-se arquidiocese, cujo centenário está às portas, o 24º bispo, dom Luís Raimundo da Silva Brito, foi seu 1º arcebispo. Sucedeu-o dom Sebastião Leme da Silveira Cintra, vindo da Arquidiocese do Rio de Janeiro, onde era bispo auxiliar, e para onde retornou em 1921, como arcebispo coadjutor. Em 1930, sendo arcebispo do Rio de Janeiro, tornou-se o segundo cardeal do Brasil. Tanto em Olinda e Recife quanto no Rio de Janeiro, dom Leme destacou-se pelo apoio dado à promoção e formação do laicato católico.

Foi em 1918 que, pela Bula “Cum Urbs Recife”, do papa Bento XV, a Arquidiocese de Olinda foi renomeada e passou a denominar-se Arquidiocese de Olinda e Recife.

Em 1922, dom Miguel de Lima Valverde assumiu o pastoreio, até 1951, quando foi sucedido por dom Antônio de Almeida Morais Júnior, que aqui esteve até 1960, quando foi nomeado arcebispo de Niterói (RJ). Nosso 5º arcebispo metropolitano foi, inclusive, quem teve o menor pastoreio. Dom Carlos Gouvêa Coelho, que havia sido bispo de Nazaré (PE) e de Niterói (RJ), aqui chegou em 1960 e faleceu em 1964, não resistindo a uma cirurgia a que havia sido submetido.

Dom Helder Pessoa Camara, nascido em Fortaleza (CE), em 1909, veio para Olinda e Recife como nosso 6º arcebispo metropolitano, vindo do Rio de Janeiro, onde trabalhava como bispo auxiliar do cardeal-arcebispo dom Jaime de Barros Câmara. Com a morte repentina de dom Carlos Coelho, o papa Paulo VI, em 12 de março do mesmo ano, nomeou-o para a Igreja de Olinda e Recife, sendo aqui acolhido em 12 de abril de 1964. Foi o idealizador da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil e responsável pelo XXXVI Congresso Eucarístico Internacional, no Rio de Janeiro. Foi como nosso arcebispo metropolitano que o mundo inteiro o reconheceu como Homem de Paz.

Em 1984, conforme as prescrições canônicas, dom Helder apresentou à Santa Sé sua renúncia ao governo arquidiocesano e foi sucedido pelo pernambucano dom José Cardoso Sobrinho, frade carmelita, até então bispo de Paracatu (MG), que, com não pouca relutância, somente com a intervenção pessoal do Santo Padre João Paulo II, aceitou sua nomeação para suceder dom Helder Camara. Em 15 de julho de 1985, acolhemos nosso 7º arcebispo metropolitano. Durante seu pastoreio de 24 anos, trabalhou intensamente pelas vocações sacerdotais e deixou muito facilmente transparecer sua espiritualidade eucarística. Foi presidente do Regional Nordeste 2 da CNBB. Como arcebispo, fundou em 1993 o Movimento Pró-Criança, que tem como missão promover a melhoria da qualidade de vida e a conquista da cidadania de crianças, adolescentes e jovens em situação de risco ou abandono, na Região Metropolitana do Recife, através de um trabalho interdisciplinar composto por atividades que integram família e comunidade na busca da inclusão social.

Ao completar 75 anos, dom José Cardoso apresentou seu pedido de renúncia ao Santo Padre e, em 1º de julho de 2009, a Santa Sé publicou a nomeação de dom Antônio Fernando Saburido, OSB, como 8º arcebispo de Olinda e Recife, sendo aqui acolhido em 16 de agosto de 2009.

Ao terminar essa rápida apresentação sobre os sucessores dos Apóstolos que aqui nos confirmaram na fé, não podemos deixar de elencar os nomes dos bispos auxiliares que aqui trabalharam nos últimos cem anos: dom João Irineu Joffily (1914-1916), dom João Batista Portocarrero Costa (1953-1959), dom José Lamartine Soares (1962-1985), dom Hilário Moser, SDB (1988-1992) e dom João Evangelista Martins Terra, SJ (1988-1994).

Aos poucos, iremos divulgando os eventos a serem realizados, ao mesmo tempo em que esperamos o engajamento de todas as comunidades paroquiais, presentes nesta arquidiocese e demais dioceses da Província Eclesiástica, uma vez que todos somos protagonistas destes cem anos de História.

sexta-feira, 5 de novembro de 2010

Acorda pra Vida 2010 foi cancelado!

Infelizmente o Acorda pra Vida 2010 foi cancelado e não há possibilidade de realizá-lo este ano.

Estaremos nos reunindo em breve para oração e discernimento da Edição 2011.

Pedimos a oração de todos e nos desculpamos pelos atropelos causados por aqueles que insistem em derrubar a obra de Deus.

Perdemos essa, mas Cristo nos dará vitórias ainda maiores! Jesus Misericórdia!

“mas os que esperam em Javé renovam suas forças, criam asas, como águias, correm e não se fatigam, podem andar que não se cansam.” (Is 40,31).

quinta-feira, 4 de novembro de 2010

Agita Recife promete agitar a região metropolitana com fé e alegria

Ontem tive a honra de estar no coquetel de lançamento do maior evento católico de Pernambuco: Agita Recife. Foi o momento de conhecer este grande projeto de evangelização, seus coordenadores, suas atrações e a Comunidade Shalom.

Pude sentir a Força Que Faz Viver, tema central deste evento, em cada momento e em cada pessoa envolvida direta ou indiretamente neste projeto. Fiquei emocionado e motivado pelo trabalho desta comunidade católica que tanto tinha vontade de conhecer.

Obrigado a Comunidade Shalom pelo carinho, oportunidade e força. Que Deus abençoe seus trabalhos e seus componentes.

Shalom!!!

Mais fotos no http://www.orkut.com.br/Main#Profile?uid=990381606167228933

quarta-feira, 3 de novembro de 2010

1ª Semana Social Arquidiocesana Ir. Visitatio

Com o objetivo de contribuir na construção de uma pastoral missionária, com atuação e práticas evangélicas, tendo como base a pessoa humana no centro das propostas e ações, a Arquidiocese de Olinda e Recife por meio da Comissão Arquidiocesana de Pastoral para o Serviço da Caridade, da Justiça e da Paz realiza, entre os dias 07 e 13 de novembro, a 1ª Semana Social Arquidiocesana Ir. Visitatio (Igara) Lemos Gibson. O tema do evento é "Ação social na vida e para a vida da Igreja".

Programação
Domingo - 07/11 – às 7h - Abertura com Celebração Eucarística presidida pelo arcebispo de Olinda e Recife, dom Fernando Saburido, no Colégio Salesiano (Celebração transmitida pela Rádio Olinda)

08 a 10/11 - Celebração nas paróquias da Arquidiocese de Olinda e Recife

Quinta - 11/11 – Local: Centro Pastoral Arquidiocesano, Várzea

18h – Credenciamentos, inscrições

18:20h – Boas Vindas e Oração

18:30h – Apresentação ( Mov. Pró-Criança)

18:40h – Fala da Pastoral da Criança e CPP

19hs – Palestra - Tema: Doutrina Social da Igreja (DSI) Assessor (a): Profº Luiz Moura – UNICAP

21h – Oração Final

Sexta - 12/11 – Local: FAFIRE

18h – Credenciamentos, Boas Vindas e Oração

18h30 – Fala da Pastoral da Saúde e Pessoa Idosa

19h – Palestra: Tema: Oficina de Emoções, uma Ação Social Assessor (a): Drª Maria Salette de Assis

21h – Oração Final

Sábado - 13/11 - Local: Centro Pastoral Arquidiocesano, Várzea

8h – Credenciamentos, Boas Vindas e Oração

8h30 – Dramatização da P. Sobriedade e Fala da P. Carcerária

9h – Palestra - Tema: A Espiritualidade Cristã na Ação Social Assessor (a): Frei Aloísio Fragoso de Morais, OFM

11h30 – Encerramento – Apresentação ( Mov. Pró Criança)

12h – Oração final

segunda-feira, 1 de novembro de 2010

100 ANOS DA ARQUIDIOCESE DE OLINDA E RECIFE (1910-2010)

Data: 05/12/2010 (Domingo)
Local: Marco Zero
Horário: 17h.


PROGRAMAÇÃO
17h - Celebração presidida pelo Núcleo Apostólico Dom Lorenzo
19h - Momento artítistico cultural com o Padre Reginaldo Manzotti / Fafá de Bélem


Que Deus os abençoe,
Ministério de Comunicação Social / RCC Olinda e Recife
Nossa missão é anunciar!!!